Novas dinâmicas em BE: projetos inovadores

Decorreu, no passado dia 18, no auditório da Escola Secundária Eça de Queiroz, em Lisboa, uma cerimónia em que foi dado destaque às bibliotecas cujos projetos lhes mereceram a inclusão nas várias modalidades da Candidatura RBE 2018 (Integração; Ideias com mérito; Leituras... com a biblioteca; Biblioteca digital) e também as que integram a nova fase do projeto Todos juntos podemos ler.

Registou-se a presença de muitos diretores de agrupamentos e escolas e professores bibliotecários.

Depois da sessão de abertura com intervenções da Diretora do Agrupamento, da Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares e do Secretário de Estado da Educação, apresentaram as suas comunicações as três oradoras convidadas. Maria Emília Brederode Santos, Presidente do Conselho Nacional de Educação, falou de Inovação e Educação, Elvira Fortunato, Vice-reitora da Universidade de Lisboa, abordou a Inovação como fator de criação e conhecimento e Filomena Pedroso, professora bibliotecária da Escola Secundária José Falcão, abordou o papel da Biblioteca escolar numa escola em mudança. Foram três perspetivas distintas que confluiram todas no valor da inovação e que fizeram com que os presentes tenham dado o seu tempo por bem empregue.

A cerimónia terminou em ambiente festivo com a distribuição aos representantes das escolas dos certificados relativos aos projetos ditinguidos e apoiados. Também os coordenadores interconcelhios receberam certificados.

É de referir finalmente que, para o sucesso deste evento contribuiu, em grande medida, a disponibilidade incondicional da diretora do agrupamento, Maria José Soares e o profissionalismo dos alunos do curso profissional de Organização de Eventos, coordenados pela professora Antonieta Rocha.

NOTÍCIAS