Newton gostava de ler! • Universidade de Aveiro

Newton

Os princípios orientadores do Programa da Rede Bibliotecas Escolares (RBE) pretenderam dotar as escolas de meios que induzam à melhoria dos níveis de formação dos seus utilizadores. A criação de contextos aprendentes, que integrem diversos recursos e que contribuam para elevar os níveis de literacia, fazem parte da missão da biblioteca escolar porque promovem a autonomia e as aprendizagens ao longo da vida. O projeto Newton gostava de ler congrega duas conceções que nem sempre se associam:

     . o conhecimento científico é decisivo para o avanço civilizacional;
     . a biblioteca escolar garante condições para emanar ciência.

Das redes locais de bibliotecas em constituição e fortalecimento, logra a de Aveiro ter no seu meio a Fábrica Centro Ciência Viva (FCCV) que abre as portas a todos os que pretendem experimentar e aprender ciência. Esta sintonia de interesses tornou possível o convite que a RBE fez à Universidade de Aveiro (UA) para se desenhar conjuntamente um projeto que aliasse à experimentação científica a promoção da leitura e fosse concretizável em bibliotecas escolares integradas na RBE.

O projeto criou um programa anual de leitura de livros em que, transversalmente, a ciência está presente, criando pontes e motivações para a realização de pequenas ações experimentais, envolvendo materiais de custo acessível e de replicação simples noutras bibliotecas.

Além das reuniões preparatórias, o cronograma definido revela sete sessões/ módulos, divididas pelos três períodos letivos, com uma duração média de 60 minutos repartida pela metodologia formativa do professor-bibliotecário e pela experimentação em cada biblioteca. Da biologia ao nanomundo, passando pela matemática e pela química, as leituras e as experiências vão-se entrelaçando, colhem de espanto alunos e professores, atraindo grupos-turma à biblioteca. O impulso para experimentar o kit ciência, que ali se mantém para utilização autónoma de docentes nas suas práticas letivas, faz prever uma harmoniosa articulação.

Na realização de cada módulo cresce o interesse e sedimenta-se a premissa: toda a biblioteca escolar é um espaço de ciência.

Em Aveiro, em 2011.2012, realizaram-se cinco módulos e em 2012.13 foi dada continuidade ao projeto, trabalhando dois novos módulos e replicando os anteriores. Participam neste projeto, sete agrupamentos e duas escolas secundárias, num total de dezanove escolas.

Em 2012.2013, o projeto foi, ainda, alargado a nove agrupamentos e uma escola secundária de Sintra, envolvendo um total de vinte e cinco estabelecimentos de ensino e estendendo a parceria existente ao Centro Ciência Viva de Sintra (CCVS) e à Câmara Municipal de Sintra.

 

Veja também: Apresentação do projeto; Lista de escolas; Blogue Newton gostava de ler - Sintra; Balanço final do projeto em Sintra [vídeo]
Atividades - Módulo IMódulo II; Módulo III; Módulo IV; MóduloV; Módulo VI; Módulo VII
NOTÍCIAS